Português   English   Español

México deportará migrantes envolvidos em violência na fronteira com EUA

O governo do México anunciou que centenas de imigrantes ilegais serão enviados de volta a seus países de origem depois de tentativa de atravessar a fronteira com os Estados Unidos.

O México anunciou nesta segunda-feira (26) que deportará os migrantes que tentaram atravessar ilegalmente a fronteira com os Estados Unidos através de vários locais na cidade de Tijuana.

A série de tentativa de invasões levaram as forças de segurança americanas e mexicanas a lançarem bombas de gás lacrimogêneo.

Várias centenas de migrantes centro-americanos tentaram entrar ilegalmente nos Estados Unidos, a maioria avançando sobre o posto de controle de San Ysidro, em San Diego, conforme noticiou a Renova Mídia.

Cerca de 50 migrantes escalaram uma cerca, que ainda se encontra em território mexicano, em frente ao muro construído do lado americano.

Segundo relatos da imprensa local, entre 500 e 700 migrantes participaram da tentativa. Horas depois, a maioria retornou aos centros de acolhimento onde está abrigada, em Tijuana.

O governo do México declarou sobre o incidente:

As pessoas que identificamos como indivíduos violentos que violaram a ordem legal mexicana serão autuadas, de acordo com a lei e a Constituição, respeitando qualquer direito que tenham, mas com firmeza.

E acrescentou:

Há desordeiros que colocam outros migrantes em risco, embora saibam que jamais serão capazes de invadir o território dos EUA.

 

Adaptado da fonte DW

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter