Português   English   Español

México envia militares à fronteira para evitar tarifas dos EUA

México envia militares à fronteira para evitar tarifas dos EUA
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Caso o México não controle o alto fluxo de imigrantes ilegais na fronteira, Trump ameaçou impor taxas alfandegárias a partir da semana que vem.


O governo do México anunciou o envio de 6 mil soldados à fronteira com a Guatemala a fim de conter o fluxo migratório e, assim, evitar a imposição de tarifas dos Estados Unidos.

A decisão foi anunciada, nesta quinta-feira (6), em Washington, pelo ministro das Relações Exteriores do México, Marcelo Ebrard, junta-se a outras medidas destinadas a aliviar as tensões com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

O líder americano acusa o México de tomar pouca ou nenhuma atitude para travar a entrada de imigrantes ilegais da América Central no território norte-americano.

Trump ameaçou retaliar com a imposição de tarifas alfandegárias a partir da próxima segunda-feira.

O vice-presidente norte-americano, Mike Pence, afirmou que os EUA estão se sentindo “motivados” pelas mais recentes propostas avançadas pelo México para controlar o fluxo migratório, mas que Washington mantém a intenção de aplicar tarifas alfandegárias “caso não se virem os resultados que se pretendem”.

Sem um entendimento entre os dois governos, as primeiras taxas alfandegárias começam a ser aplicadas às importações provenientes do México no próximo dia 10, com o valor de 5%, podendo ser aumentadas até 25%.

O chanceler mexicano segue em Washington para tentar convencer a Casa Branca de desistir da ideia de impor as tarifas, informa o UOL.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on reddit
Share on linkedin
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...