- PUBLICIDADE -

México oferece asilo político a Julian Assange

ONU diz que Assange tem sintomas de ‘tortura psicológica’

Obrador quer que "Assange fique em liberdade” após receber “asilo político” no México.

- PUBLICIDADE -

O fundador do WikileaksJulian Assange, de 49 anos, está há 20 meses detido em prisão de Londres, capital do Reino Unido

Nesta segunda-feira (4), o governo do México ofereceu asilo político a Assange. 

A movimentação mexicana acontece depois que a Justiça britânica rejeitou sua extradição para os Estados Unidos para ser julgado pela publicação de documentos secretos. 

Em habitual entrevista coletiva matinal, o presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, declarou: 

“Vou pedir ao secretário de Relações Exteriores que faça os trâmites correspondentes para que se solicite ao governo do Reino Unido a possibilidade de que o senhor Assange fique em liberdade e o México lhe ofereça asilo político.” 

Durante audiência em tribunal de Londres, a juíza Vanessa Baraitser explicou que recusou o pedido porque Assange poderia cometer suicídio. 

O governo dos EUA tem agora 14 dias para recorrer. O representante legal da gestão Donald Trump já confirmou que apresentará um recurso, como noticiou a RenovaMídia

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -