Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

México reduz 74,5% do fluxo de imigrantes ilegais para os EUA

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
O rentável negócio da crise migratória na fronteira EUA-México

Entre janeiro e maio de 2019, a migração irregular na fronteira sul dos EUA disparou quase 150%.

O governo do México anunciou, nesta quarta-feira (12), que o fluxo de imigrantes ilegais que cruzam a fronteira para os Estados Unidos diminuiu 74,5% em oito meses.

Durante a coletiva de imprensa, o chanceler Marcelo Ebrard afirmou que o México “hoje tem resultados positivos”, não apenas porque o fluxo irregular de migrantes está sendo reduzido, mas também porque as pessoas que estão no território nacional “estão seguras”.

Em junho passado, o México se comprometeu com o governo Donald Trump a tomar “medidas sem precedentes” para conter a migração.

O acordo foi a tábua de salvação do México para impedir que os EUA aplicassem tarifas contra suas exportações — 80% das quais vão para o território norte-americano.

Desde então, o governo do presidente Andrés Manuel López Obrador enviou cerca de 26 mil militares à fronteira, informa a agência France-Presse.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email