Português   English   Español

Michael Moore ataca vice-premiê direitista da Itália

Michael Moore ataca vice-premiê direitista da Itália

O cineasta Michael Moore não economiza críticas em “Fahrenheit 11/9”, seu novo documentário político que foi exibido no último sábado (20) na Festa do Cinema de Roma.

Se o inimigo declarado dessa produção cinematográfica é o presidente americano Donald Trump, que no final é até comparado a Hitler, o italiano Matteo Salvini e outras figuras políticas não ficaram de fora dos ataques de Moore durante coletiva de imprensa que antecedeu a exibição do filme.

O extremista de esquerda Michael Moore definiu Salvini como “racista e “hipócrita”. Ele afirmou:

Se ele é contra o matrimônio gay, que faça o seu casamento heterossexual, mas deixe em paz quem pensa diferente. Amor é amor. Quando os ricos têm o controle da mídia, querem fazer programas que deixam as pessoas estúpidas.

Aos italianos, Moore declarou:

Vocês eram grandes e devem voltar a ser. Quando eu vim para Itália há 30 anos, fui entrevistado por um jornalista do ‘L’unità’, jornal comunista que tinha um milhão de leitores. O que aconteceu com vocês?

Por fim, fazendo referência a Salvini, criticou:

Eu não diria ‘primeiro, os italianos’, mas, primeiro, a Itália.

 

Adaptado da fonte ANSA

Deixe seu comentário

Veja também...