Português   English   Español

Michel Temer anuncia intervenção federal em Roraima

Medida busca conter crise institucional gerada com a paralisação de policiais, bombeiros e agentes penitenciários no estado, que estão há meses sem receber. Intervenção ficará em vigor até 31 de dezembro.

O presidente Michel Temer anunciou na noite desta sexta-feira (07) uma intervenção federal em Roraima até 31 de dezembro. 

Segundo Temer, a intervenção federal foi a única saída encontrada para o problema da paralisação das forças de segurança.

Em breve pronunciamento, Temer declarou:

A governadora [Suely Campos] acha que de fato a situação está se complicando e que a melhor solução seria essa. Com isso queremos pacificar as questões de Roraima.

Os agentes de segurança resolveram paralisar as atividades por 72 horas devido aos meses de salários atrasados. Por não poder fazer greve, os policiais militares contaram com apoio de suas esposas que bloquearam a entrada e saída dos batalhões.

Logo após anúncio da paralisação, diante dos riscos de rebelião nas penitenciárias de Roraima, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, já havia solicitado nesta sexta-feira uma intervenção federal urgente.

Temer convocou para o sábado uma reunião dos Conselhos da Defesa Nacional e da República para tratar da questão, como determina a lei. A intervenção precisa ainda do aval do Congresso. O governador eleito Antonio Denarium (PSL) deve ser nomeado como interventor.

Adaptado da fonte DW

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter