Microsoft quer usar blockchain Ethereum em ações antipirataria

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Microsoft pretende usar blockchain Ethereum para combater a pirataria.

A empresa Microsoft apresentou um sistema de incentivo baseado em blockchain para estimular campanhas antipirataria.

A informação está presente em um novo artigo divulgado pelo departamento de pesquisa da gigante do software, com a participação de pesquisadores da Alibaba e da Carnegie Mellon University.

A pesquisa recebeu o título de “Argus: Um Sistema de Incentivo Totalmente Transparente para Campanhas Antipirataria”. 

Construído na blockchain do Ethereum, o novo sistema visa o oferecimento de um mecanismo de incentivo ao mesmo tempo que protege os dados públicos das pessoas que denunciarem anonimamente a pirataria.

De acordo com o documento:

“Vemos isso como um problema de sistema distribuído. Na implementação, superamos um conjunto de obstáculos inevitáveis para garantir a segurança, apesar da transparência total.”

O sistema Argus permite rastrear o conteúdo pirateado até a fonte com um algoritmo de marca d’água correspondente, cujos detalhes são apresentados no artigo. 

Ainda segundo o documento:

“Com a segurança e praticidade do Argus, esperamos que as campanhas antipirataria do mundo real sejam realmente eficazes, mudando para um mecanismo de incentivo totalmente transparente.”

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.