- PUBLICIDADE -

Microsoft testa semana de trabalho de quatro dias no Japão

Microsoft testa semana de trabalho de quatro dias no Japão
- PUBLICIDADE -

A expectativa é que o projeto acabe influenciando outras empresas e a cultura de trabalho do país.

Em um país onde o termo “karoshi”, que significa “morte por excesso de trabalho”, não é algo fora do normal, a Microsoft testa uma semana de trabalho com apenas quatro dias. 

Em agosto deste ano, a gigante tecnológica decidiu realizar o experimento com seus funcionários no Japão. Os resultados do teste indicam que a produtividade aumentou em quase 40% apesar da menor jornada de trabalho.

O projeto “Work-Like Choice Challenge Summer 2019” permitiu que os 2.300 funcionários da Microsoft ganhassem cinco sextas-feiras livres, sem qualquer redução no salário ou desconto nos dias de férias.

A iniciativa não beneficiou apenas os funcionários, mas representou uma economia para a companhia. Com cinco dias a mais que a empresa esteve vazia, o gasto de eletricidade diminuiu 23,1% e foram impressas 58,7% menos páginas, informa o site Gizmodo.

A Microsoft Japão tem planos para repetir o experimento no próximo verão e, possivelmente, expandir para outras épocas do ano também.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -