Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Mídia globalista parte para o ataque contra Bolsonaro

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Mídia globalista parte para o ataque contra Bolsonaro
Imagem: Marcelo Casal Jr / Agência Brasil
COMPARTILHE

A imprensa internacional deixou claro nesta terça-feira (1º) como será o tratamento dado ao governo Bolsonaro.

Ao longo da cerimônia de posse, jornais e agências de notícias mundo afora classificaram o presidente Jair Bolsonaro como “populista de direita”, “radical” ou “agitador de extrema direita”.

Além das agências “Reuters” e “AFP“, os jornais “The Guardian” (Inglaterra) e “Le Monde” (França) também rotularam Bolsonaro como extrema-direita.

Outras classificações semelhantes também foram empregadas, como “ultradireita” e “direita dura”.

O jornal norte-americano “The New York Times” chamou o presidente do Brasil de “populista estridente”.

Outros três veículos internacionais – BBC, EL PAÍS e Süddeutsche Zeitung – caracterizam Bolsonaro como “populista”.

O diário argentino “Clarín” classifica o novo presidente como um representante da “ultradireita”, cujo projeto econômico terá um “tom claramente liberal”.

A mídia globalista não entendeu a ascensão política de Bolsonaro e, ao que tudo indica, seguirá atacando todos os pontos de sua agenda.

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.