Mídia internacional destaca liderança de Bolsonaro e ignora Lula

Capa: Rahel Patrasso / Xinhua

A mídia Reuters publicou matéria com o título “Pesquisa eleitoral no Brasil mostra que o direitista Bolsonaro mantém a liderança”.

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ) manteve a liderança da corrida presidencial, de acordo com pesquisa MDA divulgada nesta segunda-feira (14) pela Confederação Nacional do Transporte (CNT).

Em comparação com o levantamento de dois meses atrás, Bolsonaro oscilou para baixo, dentro da margem de erro, e aparece com 18,3%.

De acordo com informações da Veja:

Ele é seguido pela ex-senadora Marina Silva (Rede) e pelo ex-ministro Ciro Gomes (PDT), que registraram, respectivamente, 11,2% e 9,0% das intenções de voto. Quase no limite da margem, de 2,2% para mais ou para menos, aparece o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB). O tucano caiu mais de três pontos em relação ao levantamento de março – eram 8,6%, agora são 5,3%.

Os dados foram coletados entre os dias 9 e 12 de maio, com margem de erro de 2,2% e nível de confiança de 95%. Foram ouvidas 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 unidades federativas. A realizadora é o instituto MDA, contratado pela CNT. O número de registro do levantamento é o BR-09430/2018.

Apesar de alguns veículos de informação do Brasil ainda considerarem a participação do detento Lula na pesquisa, como a Reuters demonstrou, a mídia internacional já começou a ignorar o petista.

Excluindo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que provavelmente será barrado caso se registre para concorrer, a pesquisa do MDA encomendada pelo lobby do transporte mostrou 18,3% dos eleitores apoiando Bolsonaro, 11,2% a ambientalista Marina Silva e 9% o esquerdista Ciro Gomes. A margem de erro da pesquisa foi de 2,2 pontos percentuais.

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *