‘Migalhas de comida podre’, diz Maduro sobre ajuda humanitária

Idiomas:

Português   English   Español
'Migalhas de comida podre' diz Maduro sobre ajuda humanitária
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Nicolás Maduro qualificou nesta sexta-feira (15) de “migalhas de comida podre” a ajuda humanitária enviada pelos Estados Unidos para a população da Venezuela.

As toneladas de ajuda humanitária foram enviadas pelo governo de Donald Trump a pedido do opositor Juan Guaidó, reconhecido como presidente interino da Venezuela por 50 nações.

“É uma armadilha, fazem um show com comida podre e contaminada”, assegurou o ditador Nicolás Maduro, durante um comício na Ciudad Bolívar, segundo a Folha.

O líder chavista reiterou que os Estados Unidos querem invadir militarmente a Venezuela e que o envio de ajuda humanitária faz parte desta estratégia.

Apesar das críticas, as forças armadas americanas vão transportar cerca de 200 toneladas de ajuda humanitária para a Colômbia em um avião de carga C-17, conforme noticiou a RENOVA.

“Agora eles têm a história da ajuda humanitária. Nos roubam 30 bilhões de dólares e oferecem quatro migalhas de comida podre”, esbravejou o ditador.

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as principais notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque