Migrante matou italiano porque ele era ‘jovem e branco’

Idiomas:

Português   English   Español
Migrante matou italiano porque ele era ‘jovem e branco’
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Um migrante do Marrocos admitiu ter assassinado Stefano Leo, alegando que ele queria matar alguém “jovem, branco e italiano”.


Said Mechaout, 27 anos, nascido no Marrocos, mas naturalizado italiano, confessou o homicídio, ocorrido nas margens de um rio em Turim, no dia 23 de fevereiro.

O assassino alegou que ele estava propositalmente esperando para matar um italiano branco, informa o jornal Il Giornale.

“Eu acertei um branco, baseado no fato óbvio de que o assassinato de um jovem italiano causaria um burburinho”, disse o marroquino à polícia.

“Eu olhei para ele e tinha certeza de que ele era italiano. Eu queria matar um cara como eu, tirar todas as promessas que ele tinha, filhos, tirá-lo de seus amigos e parentes ”, disse Mechaout.

O assassino descreveu a estratégia para realizar o ataque:

“Eu sentei em um banco. Fumei um par de cigarros. As pessoas estavam passando. Eu escolhi esse lugar porque você pode fugir imediatamente.

Ele acrescentou que estava procurando alguém “feliz” para matar quando Stefano Leo passou por ele usando fones de ouvido e óculos escuros. Quando Leo subiu as escadas para a rua, Mechaout o esfaqueou na garganta, informa o Breitbart.

Newsletter RENOVA

Receba gratuitamente as principais notícias do Brasil e do Mundo por email.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

Veja também...