Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Milhares de documentos diplomáticos da UE foram hackeados

Milhares de documentos diplomáticos da UE foram hackeados
COMPARTILHE

Milhares de documentos diplomáticos da União Europeia (UE) que mencionavam, entre outros temas, a desconfiança europeia com a administração de Donald Trump, com a China ou com a Rússia foram hackeados.

Os ataques cibernéticos aconteceram durante um período de três anos, afirma o jornal “The New York Times“.

A ação, descoberta pela empresa especializada em segurança cibernética Area 1, lembra os vazamentos de telegramas diplomáticos por parte do Wikileaks em 2010, mas em menor escala e com informações menos sensíveis, registra o “AFP”.

A técnica utilizada pelos ‘hackers’ durante três anos é parecida com a empregada pela unidade de elite do exército da China, indicou o “NYT”.

Em um documento, uma fonte europeia em Washington descreve os Estados Unidos como “nosso sócio mais importante”, mas pede que a Europa faça oposição a Donald Trump em questões como o clima, o comércio ou o acordo nuclear iraniano.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE