Português   English   Español

Milhares de documentos diplomáticos da UE foram hackeados

Milhares de documentos diplomáticos da UE foram hackeados
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Milhares de documentos diplomáticos da União Europeia (UE) que mencionavam, entre outros temas, a desconfiança europeia com a administração de Donald Trump, com a China ou com a Rússia foram hackeados.

Os ataques cibernéticos aconteceram durante um período de três anos, afirma o jornal “The New York Times“.

A ação, descoberta pela empresa especializada em segurança cibernética Area 1, lembra os vazamentos de telegramas diplomáticos por parte do Wikileaks em 2010, mas em menor escala e com informações menos sensíveis, registra o “AFP“.

A técnica utilizada pelos ‘hackers’ durante três anos é parecida com a empregada pela unidade de elite do exército da China, indicou o “NYT”.

Em um documento, uma fonte europeia em Washington descreve os Estados Unidos como “nosso sócio mais importante”, mas pede que a Europa faça oposição a Donald Trump em questões como o clima, o comércio ou o acordo nuclear iraniano.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...