- PUBLICIDADE -

Milícia de Maduro executa mais de 500 pessoas na Venezuela

- PUBLICIDADE -

Mais de 500 pessoas foram executadas na Venezuela por membros da milícia Operações de Libertação do Povo (OLP), de acordo com denúncias da ex-procuradora-geral venezuelana Luísa Ortega Díaz.

A ex-procuradora chavista denunciou:

As OLP são uma operação de segurança cidadã implementada pelo Governo em 2015. Atacam a população sob a política do extermínio. Mais de 500 pessoas foram executadas por membros da OLP. A polícia, além de executar os cidadãos, semeava provas.

Segundo o diário venezuelano El Nacional, a denúncia aconteceu em Genebra, na Suíça, durante o fórum “Venezuela: terror from the left” (Venezuela: terror da esquerda).

Também participaram do fórum o ex-secretário da Comissão Interamericana de Direitos Humanos, Santiago Cantón, o coordenador da ONG Programa Venezuelano de Educação e Ação em Direitos Humanos, Rafael Uzcategui, e a ativista de direitos humanos Lilian Tintori, mulher do político venezuelano Leopoldo López (atualmente em prisão domiciliar), esta última através de videoconferência.

A ex-procuradora geral Luísa Ortega Díaz foi destituída depois de acusar o Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela de provocar uma “rutura da ordem constitucional” ao emitir uma sentença em que assumia as funções do parlamento venezuelano, onde a oposição detém a maioria, e outra levantando a imunidade dos parlamentares.

Ao ser questionada sobre quais as razões pelas quais se afastou do regime, a magistrada explicou que os seus “princípios lhe indicaram que tinha de trabalhar em função dos direitos humanos”.

 

Com informações de: [DN]

RENOVA Mídia precisa do seu apoio para continuar em funcionamento. Conheça nossa história e faça sua doação (boletou ou cartão) através da plataforma ApoiaSe. Clique AQUI e faça sua parte.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -