Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Militância petista remunerada também fez campanha para Lula

Tarciso Morais

Tarciso Morais

COMPARTILHE

Uma matéria publicada pelo site do Partido dos Trabalhadores (PT), no último dia 14, revela que os influenciadores digitais remunerados também atuaram para promover a fantasiosa candidatura presidencial do presidiário.

Na véspera do registro da campanha de Lula, a hashtag #lulazord chegou ao topo dos assuntos mais comentados do Twitter no Brasil.

Tanto o PT como blogs de esquerda disseram que se tratava de uma interação espontânea, mas são flagrantes os indícios de uma articulação combinada entre “influenciadores digitais” remunerados.

Por exemplo, três dos perfis citados pela matéria publicada no site do PT foram identificados como membros do esquema fraudulento de propaganda eleitoral remunerada. Confira abaixo.

A tag #lulazord batiza o nome do grupo de WhatsApp coordenado por Joyce Falletti, que foi contratada pela Be Connected para fazer campanha eleitoral oculta nas redes – como denunciou uma das integrantes do grupo.

Até então, se sabia que o exército de influenciadores digitais de viés esquerdista havia atuado na defesa de Gleisi Hoffmann, Luiz Marinho e Wellington Dias.

Adaptado da fonte O Antagonista
- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram