Português   English   Español

Militantes detidos em SP pregando cartazes difamando João Doria

Militantes detidos em SP pregando cartazes difamando João Doria

Quatro pessoas foram detidas colando cartazes em que candidato aparece praticamente nu; advogado de Doria quer que grupo responda por difamação.

Os militantes foram presos na tarde desta quinta-feira (25) por colarem cartazes em protesto contra o candidato ao Governo de São Paulo João Doria (PSDB).

Segundo informou a assessoria do tucano, os materiais fazem alusão ao suposto vídeo íntimo do tucano que viralizou nesta semana – e que já foram desmentidos por laudos periciais.

Em nota, a assessoria do candidato relata que foram colados cartazes difamatórios em “diversos locais públicos na cidade de São Paulo”.

Ainda segundo a equipe do ex-prefeito, os materiais apresentam “montagem grotesca” com a imagem de Doria praticamente nu (trajando apenas meias) e cobrindo suas partes íntimas com uma de suas mãos. Os cartazes trazem ainda, na parte que corresponderia à cabeça do candidato, o dizer “#DORIANÃO”.

Os quatro manifestantes presos colando os cartazes em protesto ao tucano foram flagrados na Avenida Vinte e Três de Maio, zona sul da capital paulista, na altura do Viaduto Tutóia. Segundo a equipe de Doria, o caso foi registrado no 1º Distrito Policial (Sé). Procurada pela reportagem, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) ainda não se manifestou sobre o ocorrido.

 

Adaptado da fonte IG

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe seu comentário

Veja também...