PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Militar brasileiro é detido com droga em aeroporto na Espanha

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Sargento estava na comitiva oficial do presidente Bolsonaro que viaja rumo ao Japão. Planalto repudiou a ação do militar.

Um sargento da Aeronáutica foi detido, nesta terça-feira (25), no aeroporto de Sevilha, na Espanha, portando droga na bagagem.

De acordo com o jornal Estadão, o militar viajava na comitiva oficial do presidente da República, Jair Bolsonaro, cujo destino final é Osaka, cidade no Japão.

A detenção levou o governo brasileiro a mudar a escala da viagem, de Sevilha para Lisboa, capital de Portugal.

Através de uma nota oficial, o ministério da Defesa confirmou a detenção do sargento, e afirmou que os fatos estão sendo apurados e um inquérito policial militar será instaurado.

“O Ministério da Defesa e o Comando da Aeronáutica repudiam atos dessa natureza e darão prioridade para elucidação do caso, aplicação dos regulamentos cabíveis, bem como colaboram com as autoridades”, acrescenta a nota.

Bolsonaro, por sua vez, foi ao Twitter para afirmar que havia sido “informado” da detenção e determinou ao ministério da Defesa “imediata colaboração com a polícia espanhola e que, se comprovado crime, o militar será “julgado e condenado na forma da lei”.

O militar detido não trabalha na presidência e sim na FAB. Ele pertence à segunda equipe de tripulação, que presta serviço no avião reserva. Ele exercia a função de comissário de bordo, registra o jornal El País.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.