Português   English   Español

Militares da campanha pedem para Bolsonaro não sair para votar

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Militares que participam da campanha de Bolsonaro estão preocupados com a segurança do candidato do PSL no domingo (28) de eleição.

Assim como no primeiro turno, um grupo de militares que apoiam o presidenciável Jair Bolsonaro repetiu o apelo para que o candidato do PSL não vá votar, segundo informações do Estadão.

Muitos membros da campanha do PSL temem pela segurança do candidato. Nesta quinta-feira (25), conforme noticiou a Renova Mídia, o general da reserva Augusto Heleno, futuro Ministro da Defesa em um eventual governo Bolsonaro, alertou:

Ele está realmente ameaçado, não é um mero tiro de sniper, é um atentado terrorista onde tem uma organização criminosa – que não vou citar o nome por motivos óbvios – envolvida.

Apesar dos riscos, Bolsonaro não atendeu à recomendação dos militares no primeiro turno e também deve fazer o mesmo neste domingo (28).

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Deixe seu comentário

Veja também...