Português   English   Español

Militares dos EUA devem ser autorizados a usar força na fronteira

A Casa Branca enviou um memorando ao Pentágono concedendo às tropas estacionadas na fronteira permissão para engajarem em tarefas de aplicação da lei, e usar força letal caso estejam sob perigo.

Funcionários do Pentágono revisaram o memorando nesta quarta-feira (21), segundo informações do jornal The Washington Times.

Ainda não ficou claro se os milhares de soldados da Guarda Nacional já começaram a cumprir funções ampliadas de segurança, que incluem a capacidade de se envolver em controle de multidões, realização de revistas e detenção temporária.

Um memorando presidencial obtido pelo jornal “Newsweek” mostra que o objetivo das medidas é defender o território americano das caravanas de imigrantes ilegais que estão acampadas no lado mexicano da fronteira.

Recentemente, conforme noticiou a Renova Mídia, o presidente dos Estados Unidos mostrou todo seu empenhado em evitar a invasão da caravana.

“Há muitos criminosos na caravana. Vamos pará-los”, disse Donald Trump no Twitter.

Decisões finais sobre os poderes das tropas na fronteira EUA-México devem ser esclarecidas pelo secretário de Defesa James Mattis, embora o memorando deixe claro que os militares poderiam fazer o uso de “força letal, quando necessário” para proteger outros funcionários federais na fronteira.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter