Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

‘Militares são preparados para crise’, diz Pazuello

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Ministro da Saúde anuncia general Pazuello como novo número 2
Imagem: Reprodução/Twitter

“Temos o apoio do Ministério da Defesa, é um apoio temporário, em princípio serão só 90 dias”, diz Pazuello.

O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, defendeu, nesta quinta-feira (21), a ampla presença de militares na pasta em meio à pandemia de coronavírus

O general, que assumiu o posto no lugar do oncologista Nelson Teich, já nomeou ao menos 20 militares para postos importantes no Ministério da Saúde.

Pazuello disse¹ que os militares são preparados para lidar com crises como a da Covid-19 e destacou que ficarão por “só 90 dias”:

“Para deixar claro isso a todos: temos o apoio do Ministério da Defesa, é um apoio temporário, em princípio serão só 90 dias. São militares da ativa também, que vêm trabalhar para ombrear conosco nesse momento. São pessoas preparadas para lidar com esse tipo de crise.”

Pazuello enfatizou² que a presença dos militares na pasta acontece de forma temporária:

“Neste momento, precisamos desse tipo de preparo para somar às especialidades médicas, farmacêuticas, de enfermagem, da área da saúde. Para que as duas áreas juntas possam efetivamente dar uma resposta organizada, célere e adequada a cada lugar. É temporário e vou ter que substituí-los ao longo dos 90 dias por pessoas que vão sendo escolhidas e apresentadas, e a gente vai selecionando e colocando já no momento de mais normalidade.”

Referências: [1][2]

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email