Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Minas Gerais aprova reajuste de 41% para PMs e bombeiros

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Minas Gerais aprova reajuste de 41% para PMs e bombeiros
Imagem: Reprodução/Twitter

Apesar de Minas Gerais estar apresentando um dos piores cenários financeiros do Brasil, os parlamentares aprovaram reajustes salariais. 

A Assembleia Legislativa de Minas Gerais aprovou, nesta quarta-feira (19), em segundo turno, um aumento salarial para o funcionalismo do Poder Executivo e também da própria Assembleia, Poder Judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública e Tribunal de Contas do Estado (TCE).

O reajustes salariais chegam a até 41,47%, no caso dos policiais militares e bombeiros, escalonados até dezembro de 2022.

O impacto anual apenas desse reajuste, nas contas do Estado mineiro, é de R$ 5,6 bilhões

Uma emenda apresentada por deputados opositores estendeu a correção para as outras categorias de funcionários públicos, elevando em mais R$ 20 bilhões o impacto nos cofres mineiros. 

O porcentual é de 28,82% para 13 categorias. A base contestou a emenda. O orçamento de Minas para 2020 prevê déficit fiscal, ou seja, despesas superando as receitas de R$ 13,3 bilhões, informa a revista Exame.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email