- PUBLICIDADE -

Mineração de bitcoins ajuda Irã a fugir das sanções

Mineração de bitcoins ajuda Irã a fugir das sanções
- PUBLICIDADE -

Mineração de criptomoedas com uso intensivo de energia não é problema para o Irã.

As atividades regulamentadas de mineração de criptomoedas no Irã podem estar gerando mais de US$ 1 bilhão em receitas.

A mineração de ativos digitais estaria ajudando o país do Oriente Médio a fugir das sanções econômicas impostas pelos Estados Unidos.

A informação está presente em um novo relatório da empresa de análise de blockchain Elliptic.

Um trecho do documento aponta para uma pesquisa indicando que Teerã atualmente é responsável por 4,5% do total das operações globais de mineração de Bitcoin.

A atividade teria gerado ao regime islâmico centenas de bilhões de dólares, que foram utilizados ​​para contornar o embargo do petróleo ao país. 

De acordo com um trecho do relatório:

“Os EUA impõem um embargo econômico quase total ao Irã, incluindo a proibição de todas as importações iranianas e sanções às instituições financeiras iranianas. As exportações de petróleo despencaram 70% na última década, deixando o país em uma recessão profunda com aumento do desemprego e períodos de agitação civil.”

O documento acrescenta:

“Diante dessas sanções, o Irã se voltou para uma solução improvável – a mineração de Bitcoins.”

O relatório ainda observa que o petróleo barato e abundante significa que as operações de mineração de criptomoedas com uso intensivo de energia são comparativamente baratas para o Irã.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -