Português   English   Español
Português   English   Español

Ministério da Justiça eleva classificação indicativa de novela da Globo

Ministério da Justiça eleva classificação indicativa de novela da Globo

Telenovela vespertina passa a ser recomendada para maiores de 12 anos por apresentar conteúdo de drogas, violência e sexo.

A novela “Por Amor”, maior audiência da última década no Vale a Pena Ver de Novo, da Rede Globo, foi considerada imprópria para menores de 12 anos pelo Ministério da Justiça.

Escrita pelo autor Manoel Carlos, a trama perdeu a classificação indicativa livre nesta terça-feira (16) após publicação no Diário Oficial da União (DOU).

A Coordenação de Classificação Indicativa considerou que a novela exibe cenas de atos violentos, consumo de droga lícita, lesão corporal, apelo e insinuação sexual, nudez velada e preconceito, informa o site Na Telinha.

A Rede Globo tem a obrigação de divulgar a nova indicação etária de público no prazo de cinco dias e sempre quando houver a exibição da obra, registra o site Metrópoles.

“Devido à relevância do conteúdo de drogas, bem como a apresentação de conteúdo sexual e temas relativos à violência, mesmo sopesando-se os agravantes e atenuantes apresentados ao longo da obra, ainda assim constatou-se que a classificação de ‘Livre’ já não se apresenta cabível para a obra em comento”, destaca o despacho da pasta sob comando do ministro Sergio Moro.

Com o argumento, o órgão decidiu: “Determinar a revisão da classificação da novela ‘Por Amor’ para ‘não recomendado para menores de 12 (doze) anos’”, conclui o documento

Compartilhe...

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Veja também_

TELEGRAM

Acompanhe todas as notícias através do nosso canal no Telegram.

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.