- PUBLICIDADE -

Ministro da Alemanha mostra ceticismo sobre vacina da Rússia

EUA compram 100 milhões de doses de vacina contra coronavírus

“Não se trata de ser o primeiro, trata-se de ter uma vacina testada, comprovada e segura”, diz ministro alemão.

- PUBLICIDADE -

Jens Spahn, ministro de Saúde da Alemanha, afirmou, nesta quarta-feira (12), que recebeu com desconfiança o anúncio da vacina da Rússia contra o novo coronavírus.

Em entrevista a uma rádio local, segundo o Valor Investe, Spahn declarou:

“Não se trata de ser o primeiro, trata-se de ter uma vacina testada, comprovada e segura que será aplicada — e essa é a parte importante — em milhões, talvez bilhões de pessoas.”

E acrescentou:

“Ficaria muito satisfeito se tivéssemos uma primeira vacina boa. Mas o que sabemos — e os russos estão nos dizendo muito pouco — é que ela não foi testada o suficiente.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -