Ministro da Defesa publica ordem do dia sobre 1964

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Este é o terceiro ano consecutivo em que há ordem do dia alusiva à intervenção militar.

No primeiro ato público como ministro da Defesa, Walter Braga Netto, publicou uma ordem do dia alusiva ao aniversário de 57 anos da intervenção militar de 1964.

No texto, Braga Netto descreve o contexto da época. 

O general diz que o século 20 foi marcado pelas guerras mundiais e pela expansão de ideologias totalitárias e que a Guerra Fria envolveu a América Latina, “trazendo ao Brasil um cenário de inseguranças, com instabilidade política, social e econômica”. 

Braga Netto destacou que o país vivia uma ameaça real à paz e à democracia.

O novo ministro da Defesa destacou que as Forças Armadas “acompanham as mudanças dos últimos anos, conscientes de sua missão constitucional de defender a pátria, garantir os poderes constitucionais, e seguros de que a harmonia e o equilíbrio entre esses poderes preservarão a paz e a estabilidade em nosso país”.

Braga Netto conclui dizendo que o movimento de 1964 é “parte da trajetória histórica do Brasil” e que “assim devem ser compreendidos e celebrados os acontecimentos daquele 31 de março”.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.