Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Ministro da Defesa rebate histeria sobre ‘Amazônia em chamas’

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Ministro da Defesa rebate histeria sobre 'Amazônia em chamas'
COMPARTILHE

“Vinha de fora que a Amazônia estava em chamas”, afirmou o general Azevedo.

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo, divulgou, na tarde desta segunda-feira (23), o balanço do primeiro mês da Operação Verde Brasil, que combate queimadas na Amazônia.

Em entrevista na sede do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (CENSIPAM), em Brasília, Azevedo declarou:

“O combate foi efetivo, foi uma resposta que o governo deu, que me deixou muito satisfeito. O quadro na Amazônia é outro, com muito menos focos de calor. Tem preocupações ainda, no norte de Mato Grosso, no sul do Pará e na área de Tocantins e Maranhão, mas está muito melhor do que há um mês.”

O ministro disse ainda que a operação recebeu R$ 38,5 milhões para este primeiro mês e gastou tudo e ainda R$ 11 milhões a mais:

“Para equalizar essa conta e continuar a atuar, tivemos liberados no descontingenciamento R$ 50 milhões e no futuro deveremos receber mais R$ 36 milhões para novas operações, chegando a R$ 86 milhões.”

De acordo com o general Azevedo, houve mais focos de incêndio em agosto deste ano do que o registrado na média histórica, mas o número “não era alarmante”.

O ministro ainda informou que os dados tiveram queda em setembro, apesar da tendência ser de aumento:

“Vinha de fora que a Amazônia estava em chamas. Nós nos reunimos por videoconferência todo dia, e os órgãos integrantes mostraram o resultado a mim. Os radares, o trabalho nos locais. Por tudo o que vimos e mostrei a vocês, eu acho que está longe de a Amazônia estar em chamas.”

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM