- PUBLICIDADE -

Ministro da Educação é condenado por falas homofóbicas

‘Não vamos adiar o Enem’, afirma Milton Ribeiro
- PUBLICIDADE -

Justiça condena União por falas homofóbicas do ministro Milton Ribeiro.

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, foi condenado por danos morais coletivos após falas homofóbicas.

Em sentença divulgada nesta quinta-feira (13), a Justiça Federal de São Paulo condenou a União a pagar indenização de R$ 200 mil.

Saiba mais detalhes:

  • Em setembro do ano passado, durante entrevista, Ribeiro afirmou que “o adolescente que muitas vezes opta por andar no caminho do homossexualismo” vêm de “famílias desajustadas“.
  • Uma ação civil pública foi movida por entidades de defesa dos direitos da população LGBTI+.
  • Na sentença, a juíza Denise Aparecida Avelar determinou que a indenização deve ser paga pela União e o dinheiro depositado no Fundo de Defesa dos Direitos Difusos.
  • Ministério da Educação respondeu que “não se pronunciará sobre a condenação.
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -