Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Ministro da Educação exonera responsáveis por alterações em edital

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Ministro da Educação exonera responsáveis por alterações em edital

Rogério Fernando Lot é apontado como o funcionário do MEC que tentou prejudicar o ministro Ricardo Vélez com alterações em edital para livro didáticos.

O chefe de gabinete do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, Rogério Fernando Lot, foi exonerado na manhã desta sexta-feira (11).

Ele foi o responsável por autorizar as polêmicas alterações no edital do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD).

O episódio fez o ministro ser alvo de intensas críticas por parte de grande mídia, levando o governo Jair Bolsonaro a abrir uma sindicância para apurar o que de fato havia acontecido.

Existe uma forte possibilidade da alteração ter sido motivada pelo desejo de prejudicar o atual ministro da Educação, o professor Ricardo Vélez Rodríguez, conforme noticiou a RENOVA.

Lot, então presidente interino do FNDE, assinou o aviso de alteração de edital publicado no Diário Oficial da União de 2 de janeiro, que retirava a proibição da presença de publicidade nas obras didáticas, registra “O Globo“.

No novo texto, o órgão suprimiu ainda o trecho que exigia que as obras estivessem “isentas de erros” e a determinação de “incluir revisões bibliográficas”. O combate à violência contra a mulher e a promoção da cultura quilombola também não estavam mais no documento.

Nesta sexta-feira, dia 11 de janeiro, a exoneração de Lot e de outras nove pessoas que ocupavam cargos comissionados no FNDE foi publicada no Diário Oficial da União.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email