Português   English   Español

Ministro da Educação exonera responsáveis por alterações em edital

Ministro da Educação exonera responsáveis por alterações em edital
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Rogério Fernando Lot é apontado como o funcionário do MEC que tentou prejudicar o ministro Ricardo Vélez com alterações em edital para livro didáticos.


O chefe de gabinete do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, Rogério Fernando Lot, foi exonerado na manhã desta sexta-feira (11).

Ele foi o responsável por autorizar as polêmicas alterações no edital do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD).

O episódio fez o ministro ser alvo de intensas críticas por parte de grande mídia, levando o governo Jair Bolsonaro a abrir uma sindicância para apurar o que de fato havia acontecido.

Existe uma forte possibilidade da alteração ter sido motivada pelo desejo de prejudicar o atual ministro da Educação, o professor Ricardo Vélez Rodríguez, conforme noticiou a RENOVA.

Lot, então presidente interino do FNDE, assinou o aviso de alteração de edital publicado no Diário Oficial da União de 2 de janeiro, que retirava a proibição da presença de publicidade nas obras didáticas, registra “O Globo“.

No novo texto, o órgão suprimiu ainda o trecho que exigia que as obras estivessem “isentas de erros” e a determinação de “incluir revisões bibliográficas”. O combate à violência contra a mulher e a promoção da cultura quilombola também não estavam mais no documento.

Nesta sexta-feira, dia 11 de janeiro, a exoneração de Lot e de outras nove pessoas que ocupavam cargos comissionados no FNDE foi publicada no Diário Oficial da União.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...