Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Ministro da Educação lamenta assassinato de funcionária

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Ministro da Educação lamenta assassinato de funcionária
COMPARTILHE

O corpo de Letícia Sousa Curado, 26 anos, foi encontrado na tarde desta segunda-feira (26).

O Ministério da Educação divulgou nota, na tarde desta segunda-feira (26), lamentando a morte da funcionária terceirizada Letícia Sousa Curado, 26 anos.

No órgão, a jovem cobria um servidor que estava de atestado na Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres), realizando serviço de apoio jurídico.

O cadáver estaria dentro de uma manilha perto da fábrica de sementes Pioneer, na DF-250. O cozinheiro Marinésio dos Santos Olinto, 41 anos, é o único suspeito. Ele confessou o assassinato e levou policiais até o local onde o corpo de Letícia estava, informa o site Metrópoles.

O órgão do MEC prestou solidariedade e apoio à família da vítima, amigos e colegas de trabalho.

“O ministro da Educação, Abraham Weintraub, considera o crime bárbaro e inaceitável, e confia no trabalho das forças policiais e do Poder Judiciário para que o culpado seja punido”, citou.

Na rede social Twitter, Weintraub também comentou o caso:

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram