Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Ministro da Educação pede desculpa por comentário sobre homossexuais

Bolsonaro anuncia Milton Ribeiro como novo ministro da Educação
COMPARTILHE

“Jamais pretendi incentivar qualquer forma de discriminação em razão de orientação sexual”, diz Ribeiro.

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, pediu desculpas, neste sábado (26), por declarações feitas sobre homossexuais em entrevista recente ao jornal Estadão

Em mensagem no Twitter, Milton disse que sua fala foi descontextualizada:

“Jamais pretendi discriminar ou incentivar qualquer forma de discriminação em razão de orientação sexual. Ademais, trechos da fala, retirados de seu contexto e com omissões parciais, passaram a ser reproduzidos nas mídias sociais, agravando interpretação equivocada e modificando o real sentido daquilo que se pretendeu expressar.”

O ministro acrescentou:

“Por fim, diante de meus valores cristãos, registro minhas sinceras desculpas àqueles que se sentiram ofendidos e afirmo meu respeito a todo cidadão brasileiro, qual seja sua orientação sexual, posição política ou religiosa.”

Na entrevista em questão, o ministro, que é pastor presbiteriano, declarou que jovens homossexuais são consequência de “famílias desajustadas”.

Como noticiou a RenovaMídia, o vice-procurador-geral da República, Humberto Jacques de Medeiros, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que abra investigação contra Ribeiro para apurar se ele cometeu homofobia.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE