Português  English  Español  Español
Português  English  Español  Español

Ministro da Justiça renuncia após eleição de Boris Johnson

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Ministro da Justiça renuncia após eleição de Boris Johnson

A postura firme de Johnson sobre a saída do Reino Unido da União Europeia tem gerado a renúncia de vários ministros.

O ministro da Justiça do Reino Unido, David Gauke, anunciou sua renúncia na manhã desta terça-feira (23).

A decisão foi tomada pouco depois da confirmação da vitória de Boris Johnson na disputa pela sucessão da líder do governo britânico, Theresa May.

O político, da ala pró-UE do Partido Conservador, havia antecipado sua intenção de deixar o cargo se o ex-prefeito de Londres vencesse o atual ministro das Relações Exteriores, Jeremy Hunt, na corrida sucessória.

A postura firme de Johnson a respeito do Brexit assusta os políticos britânicos defensores da União Europeia.

Pouco antes da divulgação do resultado da eleição também renunciou a secretária de Estado de Educação, Anne Milton, por sua “grande preocupação” sobre um Brexit sem acordo, uma opção que Johnson não descarta.

Por esse mesmo motivo, o secretário de Estado britânico para a Europa e as Américas, Alan Duncan, feroz crítico de Johnson, já havia apresentado sua renúncia nesta segunda-feira (22).

O ministro da Economia, Philip Hammond, também antecipou no domingo passado sua intenção de deixar seu posto se Johnson vencesse, mas, por enquanto, não formalizou sua saída.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias