Português   English   Español

Ministro da Justiça renuncia após eleição de Boris Johnson

Ministro da Justiça renuncia após eleição de Boris Johnson
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A postura firme de Johnson sobre a saída do Reino Unido da União Europeia tem gerado a renúncia de vários ministros.


O ministro da Justiça do Reino Unido, David Gauke, anunciou sua renúncia na manhã desta terça-feira (23).

A decisão foi tomada pouco depois da confirmação da vitória de Boris Johnson na disputa pela sucessão da líder do governo britânico, Theresa May.

O político, da ala pró-UE do Partido Conservador, havia antecipado sua intenção de deixar o cargo se o ex-prefeito de Londres vencesse o atual ministro das Relações Exteriores, Jeremy Hunt, na corrida sucessória.

A postura firme de Johnson a respeito do Brexit assusta os políticos britânicos defensores da União Europeia.

Pouco antes da divulgação do resultado da eleição também renunciou a secretária de Estado de Educação, Anne Milton, por sua “grande preocupação” sobre um Brexit sem acordo, uma opção que Johnson não descarta.

Por esse mesmo motivo, o secretário de Estado britânico para a Europa e as Américas, Alan Duncan, feroz crítico de Johnson, já havia apresentado sua renúncia nesta segunda-feira (22).

O ministro da Economia, Philip Hammond, também antecipou no domingo passado sua intenção de deixar seu posto se Johnson vencesse, mas, por enquanto, não formalizou sua saída.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...