Ministro da Saúde da Argentina renuncia após ser alvo de escândalo

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Ministro teria distribuído doses do imunizante contra a Covid-19 para amigos.

Ginés González García, ministro da Saúde da Argentina, renunciou ao cargo a pedido do presidente Alberto Fernández

A renúncia acontece após a revelação de um escândalo de desvio de vacinas contra o novo coronavírus

González teria distribuído doses do imunizante contra a Covid-19 para amigos, servidores e secretários de governo. 

Muitos dos que receberam não faziam parte do grupo prioritário de vacinação no país. 

“Respondendo a seu pedido expresso, apresento-lhe minha renúncia ao cargo de ministro da Saúde”, escreveu González em carta enviada ao presidente argentino, na última sexta-feira (19). 

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.