Português   English   Español

Ministro diz que Anvisa quer legalizar maconha no Brasil

Ministro diz que Anvisa quer legalizar maconha no Brasil
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

“Todos os países que tomaram essa medida, mesmo equivocada, foi através do Congresso, e não por quatro diretores de uma agência”, afirmou Terra.


O ministro da Cidadania, Osmar Terra, disse que a proposta da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) de liberar o plantio de Cannabis para pesquisa e produção de remédios não tem precedentes no mundo.

Terra garantiu que o governo Jair Bolsonaro tentará fazer com que a agência acabe com a medida:

“Essa é uma ação regulada pelo Congresso, e em alguns poucos lugares pelo Judiciário. Nunca uma agência se dispôs a liberar a produção de maconha. É a primeira vez no mundo isso que a Anvisa está tentando fazer.”

E, segundo o jornal Folha, acrescentou:

“Todos os países que tomaram essa medida, mesmo equivocada, foi através do Congresso, e não por quatro diretores de uma agência. Isso não tem sentido nenhum.”

O ministro disse que o governo agora avalia quais medidas devem ser adotadas para frear o processo:

“Estamos estudando a forma de fazer. Mas devemos discutir com a própria Anvisa para ela acabar com essa proposta. Somos contra a legalização da maconha, e o que a Anvisa está fazendo é o primeiro passo para legalizar a maconha no Brasil.”

A declaração ocorreu às vésperas de uma audiência pública na agência para discutir a regulamentação do plantio de Cannabis para uso científico e medicinal. O encontro será realizado nesta quarta-feira (31).

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on reddit
Share on linkedin
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...