Ministro do Interior alemão renuncia em meio à crise migratória

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Em conflito com a chanceler alemã, Angela Merkel, sobre a política migratória, o ministro do Interior, Horst Seehofer, anunciou que entregará seu cargo nos próximos dias.

A renúncia foi anunciada durante reunião de seu partido CSU em Munique na noite deste domingo (01).

Ele também deixará a presidência do CSU, membro da frágil coalizão de governo alemã, que inclui o partido de centro direita CDU, de Angela Merkel, e os socialdemocratas (SPD), acrescentaram as mesmas fontes.

Horst Seehofer “quer renunciar a seu cargo de ministro e de presidente do partido” porque considera que “não tem o apoio” necessário, indicou uma fonte ligada ao político, sem conseguir dizer o que essa decisão implica para o futuro do governo alemão.

Durante a reunião do CSU, alguns aliados de Seehofer conseguiram convencê-lo a se reunir com Merkel na segunda-feira, em uma “última oportunidade” para obter um compromisso.

 

Com informações de BOL

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.