Ministro de Israel diz que ONU protege terroristas do Hamas

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O Ministro da Segurança Pública declarou que Israel não tem que cooperar com as Nações Unidas, porque a ONU se transformou na “chancelaria da organização terrorista Hamas”.

O ministro Gilard Erdan rejeitou ajuda da ONU e disse que Israel pode por si mesmo realizar a investigação dos incidentes na fronteira com a Faixa de Gaza.

Na sexta-feira (30), ao longo da fronteira entre Israel e Gaza, teve início uma série de protestos convocados pelo Hamas designados Grande Marcha do Regresso, que deverão continuar até meados de maio. As manifestações apresentaram alto grau de violência e os israelenses têm usado armas de fogo contra os manifestantes mais agressivos.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, apelou para investigar os acontecimentos em Gaza, incluindo as mortes de pessoas durante os confrontos.

Em entrevista à rádio Galei Tzahal, o ministro respondeu à pergunta se Israel irá cooperar com a ONU:

Não há nenhuma razão para cooperar com a ONU. A ONU é uma estrutura inimiga… A ONU se transformou no Ministério das Relações Exteriores da organização terrorista Hamas.

 

Com base em informações de: [Sputnik]

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.