Ministro de Israel diz que ONU protege terroristas do Hamas

Português   English   Español
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

O Ministro da Segurança Pública declarou que Israel não tem que cooperar com as Nações Unidas, porque a ONU se transformou na “chancelaria da organização terrorista Hamas”.

O ministro Gilard Erdan rejeitou ajuda da ONU e disse que Israel pode por si mesmo realizar a investigação dos incidentes na fronteira com a Faixa de Gaza.

Na sexta-feira (30), ao longo da fronteira entre Israel e Gaza, teve início uma série de protestos convocados pelo Hamas designados Grande Marcha do Regresso, que deverão continuar até meados de maio. As manifestações apresentaram alto grau de violência e os israelenses têm usado armas de fogo contra os manifestantes mais agressivos.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, apelou para investigar os acontecimentos em Gaza, incluindo as mortes de pessoas durante os confrontos.

Em entrevista à rádio Galei Tzahal, o ministro respondeu à pergunta se Israel irá cooperar com a ONU:

Não há nenhuma razão para cooperar com a ONU. A ONU é uma estrutura inimiga… A ONU se transformou no Ministério das Relações Exteriores da organização terrorista Hamas.

 

Com base em informações de: [Sputnik]
SIGA A RENOVA

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...