Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Ministro não descarta novas usinas hidrelétricas na Amazônia

Ministro não descarta novas usinas hidrelétricas na Amazônia
COMPARTILHE

Brasil está aberto a avaliar novos projetos hidrelétricos na região da Amazônia, mas a decisão por eventuais empreendimentos tem que se basear em uma análise técnica.

A declaração foi feita nesta segunda-feira (25) pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, que criticou o que apontou como interferência “ideológica” em processos de licenciamento ambiental.

Ao falar durante seminário da Associação Brasileira de Relações Institucionais (Abrig), Salles declarou:

“É importante lembrar: licenciamento ambiental não é um instrumento para dizer não. Ele é um instrumento para dizer em que condições sim.”

Segundo o ministro, o trabalho do Ibama é pesar benefícios e riscos de cada projeto para ao final da análise decidir se há medidas que possam ser impostas para mitigar os riscos, permitindo o avanço do empreendimento.

Salles reconheceu que a Amazônia é uma região “sensível” devido à sua biodiversidade, ressaltando ainda que a construção de hidrelétricas ali não deve ser analisada da mesma maneira que em outras regiões do país.

O ministro ainda criticou decisões de governos anteriores em processos de licenciamento ambiental, que segundo ele foram baseadas em “dogmas” e em uma visão “completamente ideológica”, o que teria na prática prejudicado o meio ambiente, informa a agência Reuters.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE