- PUBLICIDADE -

Ministro por cinco dias: Decotelli atualiza currículo

Decotelli nega plágio e diz que permanece no MEC

- PUBLICIDADE -

No dia em que tomaria posse, Decotelli enviou uma carta a Bolsonaro pedindo a saída do cargo.

O professor Carlos Alberto Decotelli atualizou seu currículo na plataforma Lattes, do CNPq (Centro Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnologia).

Decotelli incluiu a informação de que atuou como ministro da Educação do governo Jair Bolsonaro entre os dias 25 e 30 de junho.

Após ser nomeado no última dia 25 de junho, o currículo profissional de Decotelli virou alvo de intensa polêmica. 

No dia em que tomaria posse, em 30 de junho, o professor enviou uma carta a Bolsonaro pedindo a saída do cargo.

A informação de que Decotelli atuou por cinco dias no MEC pode ser, eventualmente, contestada. 

Afinal, apesar de a nomeação ter sido publicada em Diário Oficial da União, a Lei 8.112 prevê que a investidura em cargos só ocorre com a posse, destaca o portal R7.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -