Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Ministros do STF alertam para ‘escalada autoritária’ no Brasil

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Maioria do STF apoia tese que pode anular sentenças da Lava Jato
COMPARTILHE

“Tempos estranhos! Não há espaço para retrocesso”, destaca o ministro Marco Aurélio.

Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) teceram críticas, neste domingo (19), a um grupo de manifestantes que pediram intervenção militar durante ato em Brasília.

O presidente Jair Bolsonaro marcou presença na manifestação, como noticiou a RENOVA

Em frente ao Quartel General do Exército Brasileiro, Bolsonaro disse que não vai “negociar nada”, pois a “velha política” acabou.

Em entrevista ao jornal Estadão, o ministro Marco Aurélio Mello classificou os manifestantes como “saudosistas inoportunos” e afirmou que uma escalada autoritária está em curso no Brasil:

“Tempos estranhos! Não há espaço para retrocesso. Os ares são democráticos e assim continuarão. Visão totalitária merece a excomunhão maior. Saudosistas inoportunos. As instituições estão funcionando.”

Em mensagem no Twitter, o ministro Luís Roberto Barroso disse que é “assustador” ver manifestações pela volta do regime militar, após 30 anos de democracia:

“Só pode desejar intervenção militar quem perdeu a fé no futuro e sonha com um passado que nunca houve. Ditaduras vêm com violência contra os adversários, censura e intolerância. Pessoas de bem e que amam o Brasil não desejam isso”

Através da mesma rede social, o magistrado Gilmar Mendes declarou que invocar o AI-5 é “rasgar o compromisso com a Constituição”:

“A crise do coronavírus só vai ser superada com responsabilidade política, união de todos e solidariedade. Invocar o AI-5 e a volta da Ditadura é rasgar o compromisso com a Constituição e com a ordem democrática.”

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.