Ministros do STF com ‘área vip’ para embarque

Idiomas:

Português   English   Español
Foto: Felipe Sampaio / SCO / STF
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Supremo Tribunal Federal (STF) alega segurança para manter espaço com custo anual de R$ 374,6 mil.

“Para escapar do assédio no check-in ou no salão de embarque, os ministros entram nas aeronaves diretamente pela pista – com acesso liberado pela PF”, reportou O Antagonista em março.

A informação foi confirmada nesta quinta-feira (7).

De acordo com o jornal Gazeta Online:

Por segurança, o Supremo Tribunal Federal (STF) contratou uma área especial de embarque para os integrantes da Corte no Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek, em Brasília.

De acordo com o tribunal, o aluguel da nova área, diferente da sala que a corte tinha anteriormente no terminal de passageiros, ocorreu para garantir a proteção dos ministros. O espaço, que tem um custo anual de R$ 374,6 mil, funciona desde julho do ano passado.

“Toda a questão em torno do uso do embarque no Terminal 2 está relacionado à segurança dos ministros”, explicou a assessoria do Supremo, ao ser procurada.

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as principais notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque