Ministros recém-indicados por Bolsonaro aderem ao Twitter

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Ministros indicados recentemente pelo presidente eleito Jair Bolsonaro estão aderindo ao Twitter como canal de comunicação.

Desde que Jair Bolsonaro começou a montar sua equipe de transição, dois indicados criaram uma conta no Twitter.

No caso do futuro ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, o primeiro tuíte dele foi para agradecer a confirmação do nome pelo presidente eleito, conforme noticiou a Renova Mídia.

O movimento dos ministros não é surpreendente, visto que o próprio presidente eleito já deixou claro que continuará utilizando as redes sociais para conversar diretamente com as sociedade brasileira.

O futuro chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), o general da reserva Augusto Heleno, criou uma conta no Twitter em 2 de novembro de 2018, segundo informações do Poder 360.

Dos nomes confirmados para o Ministério de Bolsonaro, apenas Paulo Guedes (Economia), Sergio Moro (Justiça e Segurança Pública), Fernando Azevedo e Silva (Defesa) e Wagner Rosário (CGU) ainda não possuem conta na rede social.

Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia) e Tereza Cristina (Agricultura) já usavam o Twitter antes de fazer parte da equipe.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.