- PUBLICIDADE -

Mistério dos textos do Mar Morto na mira da Inteligência Artificial

Foto: Reprodução/AFP

Os testes com inteligência artificial foram realizados no maior dos textos encontrados.

- PUBLICIDADE -

Um grupo de pesquisadores da Universidade de Groningen, na Holanda, está usando Inteligência Artificial para decifrar tudo o que está escrito nos manuscritos do Mar Morto.

Produzidos há 1,9 mil anos, os textos foram encontrados 70 anos atrás por um beduíno em uma caverna na antiga cidade de Qumran, onde hoje é a Cisjordânia.

A maior parte dos manuscritos está escrita em hebraico, mas alguns papiros estão em aramaico e grego. Os escritos têm fascinado pesquisadores desde quando foi descoberto.

Curadora mostra fragmentos de pergaminhos do Mar Morto em um laboratório em Jerusalém | Foto: Reprodução/AFP

Os testes com inteligência artificial foram realizados no maior dos textos encontrados, conhecido como “Grande Pergaminho de Isaías”. 

Os pesquisadores examinaram o Pergaminho de Isaías através do reconhecimento de um padrão de “vanguarda” e a inteligência artificial. 

Para isso, eles examinaram uma única letra hebraica, aleph, que aparece mais de 5 mil vezes em todo o pergaminho.

Apesar de os resultados destes estudos ainda não terem sido divulgados, eles estão deixando muitos historiadores animados com a possibilidade de descobrir mais segredos envolvendo os manuscritos do Mar Morto.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -