Monaquistas reforçam apoio ao pré-candidato Bolsonaro

Uma nova ala do conservadorismo se aproxima do pré-candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL).

Os monarquistas intensificaram o apoio ao deputado federal, indicando que uma possível bancada pró-Bolsonaro na Câmara dos Deputados em 2019 também contará com nomes ligados à Família Real brasileira ou que defendem a restauração da Monarquia.

O príncipe Dom Luiz Philippe de Orleans e Bragança, que deve ser candidato a deputado federal pelo PSL no Rio de Janeiro, está se aproximando do presidenciável.

No dia 30 de abril, o representante da monarquia esteve em evento do agronegócio em Ribeirão Preto (São Paulo), acompanhando Bolsonaro.

De acordo com informações da Gazeta do Povo:

Bolsonaro vem trabalhando para atrair e sinalizar a seus eleitores quem são os nomes que podem compor sua bancada de apoio no Congresso, e sua aproximação aos monarquistas ocorre de forma natural, na visão de seus apoiadores, com alinhamento de visões em temas como direito à vida, proteção à família e direito à propriedade privada.

No gabinete de Bolsonaro, a avaliação é que a aproximação entre o príncipe e o presidenciável é saudável e positiva para a pré-campanha do deputado. Philippe foi elogiado pela sua excelente formação e educação, segundo assessor de Bolsonaro.

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

3 Comentários

  1. Jorge Luiz disse:

    A mim não espanta essa união. Digo união, e não aproximação, porque o fato já está consumado. Na realidade, trata-se de algo já esperado. O deputado Bolsonaro é um dos maiores críticos do pensamento esquerdista brasileiro e até mundial. É inimigo ferrenho do socialismo e de ideologias afins. Tem como valores inalienáveis, Deus, pátria e família. Sabe que o Brasil já foi uma das grandes potências mundiais no Século XIX. Não é necessário ser grande gênio para se saber que o deputado seria atraído pela Monarquia. Na formação militar, a História do Brasil é levada a sério. A verdadeira História do Brasil. Ora, quem conhece a verdadeira História do Brasil sabe que uma Monarquia parlamentarista é uma espécie de vacina contra ideologias esquerdistas. Quem conhece a verdadeira História do Brasil sabe que a Monarquia representava os mesmos valores cultuados pelo deputado e seus seguidores. Sabe também que o povo brasileiro é bastante receptivo a Monarquia, haja vista as fantasias das escolas de samba, por exemplo. Ou alguém ai já viu porta-bandeira e mestre-sala com indumentárias republicanas?
    Quem conhece a verdadeira História do Brasil sabe que, para se evitar, no futuro, uma quarta tentativa de tornar o Brasil uma nação socialista, será necessária a presença de uma instituição incorruptível que inspire amor e confiança no povo. Isso já ocorreu e poderá ocorrer novamente.
    Assim, nas eleições de outubro próximo, “ligue a seta e vire a primeira a direita. Não tem como errar. Você chegará em segurança ao seu destino”.

  2. Jorge Luiz disse:

    Bolsonaro e Monarquia.
    A mim não espanta essa união. Digo união, e não aproximação, porque o fato já está consumado. Na realidade, trata-se de algo já esperado. O deputado Bolsonaro é um dos maiores críticos do pensamento esquerdista brasileiro e até mundial. É inimigo ferrenho do socialismo e de ideologias afins. Tem como valores inalienáveis, Deus, pátria e família. Sabe que o Brasil já foi uma das grandes potências mundiais no Século XIX. Não é necessário ser grande gênio para se saber que o deputado seria atraído pela Monarquia. Na formação militar, a História do Brasil é levada a sério. A verdadeira História do Brasil. Ora, quem conhece a verdadeira História do Brasil sabe que uma Monarquia parlamentarista é uma espécie de vacina contra ideologias esquerdistas. Quem conhece a verdadeira História do Brasil sabe que a Monarquia representava os mesmos valores cultuados pelo deputado e seus seguidores. Sabe também que o povo brasileiro é bastante receptivo a Monarquia, haja vista as fantasias das escolas de samba, por exemplo. Ou alguém ai já viu porta-bandeira e mestre-sala com indumentárias republicanas?
    Quem conhece a verdadeira História do Brasil sabe que, para se evitar, no futuro, uma quarta tentativa de tornar o Brasil uma nação socialista, será necessária a presença de uma instituição incorruptível que inspire amor e confiança no povo. Isso já ocorreu e poderá ocorrer novamente.
    Assim, nas eleições de outubro próximo, “ligue a seta e vire a primeira a direita. Não tem como errar. Você chegará em segurança ao seu destino”.

  3. Christiano Gondim disse:

    Nota 10. Sou monarquista desde 2014. Rumo ao III Reinado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *