Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Moraes dá 10 dias para Bolsonaro explicar retorno de Ramagem à Abin

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Moraes dá 48 horas para PF a entregar material hackeado ao STF
Imagem: José Cruz/Agência Brasil
COMPARTILHE

A posse de Ramagem na direção da PF foi barrada por outra decisão do ministro Moraes.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, deu prazo de 10 dias para o presidente da República, Jair Bolsonaro, prestar esclarecimentos sobre o retorno do delegado Alexandre Ramagem para o comando da Agência Brasileira de Inteligência (Abin).

A decisão de Moraes acontece em ação movida pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB).

O partido tenta suspender decreto presidencial que havia tornado sem efeito a exoneração de Ramagem do cargo de diretor-geral da Abin, destaca a agência Reuters.

Ramagem havia sido inicialmente escolhido pelo presidente Bolsonaro na semana passada para ser diretor-geral da Polícia Federal (PF).

A posse de Ramagem foi barrada por outra decisão do ministro Moraes que alegou desvio de finalidade na escolha presidencial.

Ramagem está no centro da crise que levou à saída de Moro, que comandava o Ministério da Justiça, do governo e de Mauricio Valeixo do comando da PF.

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.