Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Moraes dá 5 dias para Weintraub ser ouvido pela PF

Moraes reduz 79,1% de seu acervo de processos no STF
COMPARTILHE

Moraes deu um “prazo máximo de 5 (cinco) dias” para Weintraub “prestar esclarecimentos”.

Alexandre de Moraes, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou, nesta terça-feira (26), que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, seja ouvido pela Polícia Federal (PF) sobre declarações feitas em reunião ministerial do dia 22 de abril.

“Eu por mim botava esses vagabundos todos na cadeia, começando pelo STF”, disse¹ Weintraub na ocasião.

Em sua decisão², Moraes afirmou:

“ DETERMINO que Abraham Weintraub, atualmente exercendo o cargo de Ministro da Educação, seja ouvido pela Polícia Federal, no prazo máximo de 5 (cinco) dias para prestar esclarecimentos sobre a manifestação acima destacada.

Dê-se imediata ciência ao Procurador-Geral da República, para que, se entender necessário, acompanhe o depoimento; bem como para que se manifeste em relação as providências cabíveis para o prosseguimento da investigação.”

Moraes acrescentou³ que a fala de Weintraub:

“Não só atinge a honorabilidade e constituiu ameaça ilegal à segurança dos Ministros do Supremo Tribunal Federal, como também reveste-se de claro intuito de lesar a independência do Poder Judiciário e a manutenção do Estado de Direito.”

Referências: [1][2][3]

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários