- PUBLICIDADE -

Moraes diz que Poder Judiciário agirá contra ‘milícias digitais’

Oposicao celebra interferencia de Moraes na Policia Federal
Imagem: Fellipe Sampaio/SCO/STF
- PUBLICIDADE -

“Lamentável que milícias digitais, criminosamente, inventem mensagens e perfis falsos e mentirosos”, disse Moraes.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, condenou, neste domingo (24), a atuação de supostas “milícias digitais”.

Em publicação no Twitter, Moraes desmentiu uma conversa de WhatsApp, atribuída a ele, na qual pede a ação de um atirador de elite do Primeiro Comando da Capital (PCC) em manifestação de apoio ao presidente da República, Jair Bolsonaro, no Palácio do Planalto, em Brasília.

O ministro afirmou que o Poder Judiciário atuará com firmeza para responsabilizar “esses marginais”:

“Lamentável que milícias digitais, criminosamente, inventem mensagens e perfis falsos e mentirosos, como esse anexo, para desgastar a Democracia e o Estado de Direito. O Poder Judiciário atuará com firmeza para responsabilizar esses marginais.”

Moraes é relator de um controverso inquérito aberto no Supremo para apurar ameaças, ofensas e fake news disparadas contra os integrantes do tribunal e seus familiares.

Desde que foi aberto, o chamado “inquérito das fake news” sofreu forte oposição do Ministério Público Federal (MPF) por ter sido iniciado de ofício, isto é, sem provocação de outro órgão, pelo ministro Dias Toffoli.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -