- PUBLICIDADE -

Moraes libera depoimento de Salles à PGR

Milícias digitais fazem lavagem de dinheiro, diz Moraes
- PUBLICIDADE -

PF quebrou os sigilos fiscal e bancário de Salles no último dia 19 de maio.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, atendeu, nesta quinta-feira (3), a um pedido do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

Moraes liberou o depoimento de Salles à Procuradoria-Geral da República (PGR) nos autos da operação “Akuanduba”, da Polícia Federal (PF), que apura crimes de corrupção, advocacia administrativa, prevaricação e facilitação de contrabando.

A investigação da PF quebrou os sigilos fiscal e bancário de Salles no último dia 19 de maio. 

Dias atrás, como noticiou a Renova, Salles pediu para depor direto à PGR. Moraes aceitou e, em sua decisão, escreveu:

“A Polícia Federal, no decorrer da investigação e a seu critério, procederá à oitiva do ora requerente, na medida em que for necessária à elucidação dos fatos investigados.”

E acrescentou:

“Não há óbice, cumpre ressaltar, à eventual iniciativa da Procuradoria-Geral da República no sentido de ouvir o requerente, se assim entender pertinente, em atendimento à sua função institucional.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -