- PUBLICIDADE -

Moraes quebrou sigilos de quatro empresários pró-Bolsonaro

TSE arquiva ação do PT contra Jair Bolsonaro e Luciano Hang
- PUBLICIDADE -

As informações requisitadas por Moraes se referem ao período entre julho de 2018 e abril de 2020.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, determinou, nesta quarta-feira (27), a quebra dos sigilos bancário e fiscal de empresários suspeitos de financiar o suposto “Gabinete do Ódio“.

Entre os alvos dos mandados de busca e apreensão cumpridos pela Polícia Federal (PF) estão os empresários:

  • Edgard Corona, dono das redes de academias Bio Ritmo e SmartFit;
  • Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan;
  • Winston Rodrigues Lima;
  • Reynaldo Bianchi Júnior.

As informações requisitadas por Moraes se referem ao período entre julho de 2018 e abril de 2020.

Na decisão, o ministro também determinou o bloqueio de contas em redes sociais, tais como Facebook, Twitter e Instagram de 17 pessoas citadas no inquérito.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -