Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Moro aceita denúncia contra braço-direito do tucano Beto Richa

Tarciso Morais

Tarciso Morais

COMPARTILHE

Duas pessoas próximas ao ex-governador e candidato ao Senado do Paraná, Beto Richa (PSDB), se tornaram réus na Operação Lava Jato nesta quarta-feira (5).

Aceita pelo juiz federal Sergio Moro, a denúncia do Ministério Público Federal (MPF) atinge o ex-chefe de gabinete e ex-secretário de Comunicação de Richa, Deonilson Roldo, e o empresário Jorge Theodócio Atherino – apontado como sócio do tucano –, além de ex-executivos da Odebrecht.

O caso está relacionado à Parceria Público-Privada (PPP) firmada para exploração e duplicação da rodovia PR-323, no Noroeste do estado.

O tucano Beto Richa segue como investigado.

Moro alegou:

Embora existam indícios do envolvimento de outros agentes nos crimes, é razoável o oferecimento da peça em relação aqueles para os quais há melhor prova, sem detrimento da continuidade da investigação.

Adaptado da fonte Gazeta do Povo
- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram