- PUBLICIDADE -

Moro adia depoimento de Lula para “evitar exploração eleitoral”

- PUBLICIDADE -

O juiz federal Sergio Moro, da Lava Jato de Curitiba, decidiu adiar o depoimento do presidiário Lula que estava marcado para o dia 11 de setembro. O petista falaria no processo referente ao Sítio de Atibaia.

No despacho, Moro afirma que a mudança na data tem como finalidade impedir a exploração eleitoral. O magistrado também adiou o depoimento dos demais réus que respondem ao mesmo procedimento.

Sergio Moro afirmou:

A fim de evitar a exploração eleitoral dos interrogatórios, seja qual for a perspectiva, reputo oportuno redesignar as audiências.

O depoimento ficou agendado para 14 de novembro, às 14h. O magistrado, sem citar Lula, disse que “mesmo condenado por corrupção e lavagem de dinheiro, um dos réus pretende concorrer à presidência da República”.

Lula é acusado de ter recebido propina por meio da reforma do sítio pelas construtoras AOS e Odebrecht.

 

Com informações do Correio Braziliense
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -