Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Moro alega ter sido vítima de um trabalho de contrainteligência

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Moro alega ter sido vítima de um trabalho de contrainteligência

“Aquilo ali é contra inteligência. E tem um grupo criminoso organizado”, afirmou o ministro Moro.

Em almoço com integrantes da frente ruralista do Congresso, nesta terça-feira (18), o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, conversou sobre o ataque cibernético contra a Operação Lava Jato.

Moro relatou aos parlamentares acerca dos avanços da investigação da Polícia Federal sobre as supostas conversas vazadas de integrantes da Lava Jato.

Segundo o ministro, os investigadores descartam a ação de amadores e também o possível fogo amigo de integrantes da operação:

“A Polícia Federal está fazendo uma investigação. Não é um adolescente com espinhas na frente de um computador que está fazendo isso. É uma coisa estruturada. Também não é um procurador traidor.”

Moro, segundo a revista Veja, acrescentou:

“Aquilo ali é contrainteligência. E tem um grupo criminoso organizado. Quem faz esse tipo de contrainteligência não é um bobinho, não! É pessoa preparada.”

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email